Principais datas comemorativas dos Estados Unidos

Nesta postagem, vamos conhecer um pouco mais sobre as datas comemorativas na ‘terra do Tio Sam’.

Sim, nos Estados Unidos as empresas, funcionários e pessoas também tem seus ‘days off’ ou ‘dias de descanso’, e muitos deles homenageiam eventos específicos como o Namorados, Pais, Mães e até mesmo as Bruxas.

Há também feriados étnicos e religiosos, que possuem significado especial para os americanos, demonstrando respeito por todas as religiões; cada qual tem seu período de reflexão.

Os mais conhecidos são o de Páscoa para os cristãos, e o Ramadã para os muçulmanos.

É de costume que a maioria dos escritórios, empresas e comércios não funcionem nestes dias, além de observarmos algumas curiosidades como adiar o feriado para o próximo dia útil, caso ele caia em um Sábado ou Domingo.

Então, para você memorizar direitinho, aqui vai um ‘mini guia’ com as informações mais relevantes sobre as datas festivas nos Estados Unidos, a origem e importância de cada uma delas para os americanos, e claro, se nestes dias é decretado feriado nacional. E que tal compararmos com o calendário do ano corrente? Vamos lá!

Janeiro

Logo na virada do ano, as primeiras festividades ficam por conta do ‘New Year’s Day’ ou Ano Novo. Em 2018, a data caiu em uma Segunda-feira. Este é um feriado nacional.

Cerca de duas semanas após o Ano Bom, na terceira Segunda-feira de Janeiro, a ‘homenagem’ fica para o líder Martin Luther King Jr., conhecido por travar uma luta sem precedentes pelos direitos civis dos negros.

Ele era de origem afro-americana e foi assassinado em 1968. Foi feita então uma legislação para comemorar o feriado, que seria instituído somente em 1983 pelo então presidente Ronald Reagan.

Curiosidade: este ano a data coincidiu com o aniversário de Luther King, 15 de Janeiro.

Fevereiro

Fevereiro tem somente uma data comemorativa, o ‘Valentine’s Day’ (mais conhecido como Dia dos Namorados).

São Valentin é o padroeiro dos apaixonados e namorados americanos, e sempre no dia 14 os casais costumam trocar flores, cartões, enviar presentes e doces.

Por incrível que pareça, amigos e parentes também costumam participar da data. Quer saber de onde vem tanto amor e comemoração?

Por volta do século três, um padre chamado Valentino casava os jovens em segredo, pois um imperador de nome Claudius II proibiu que eles se unissem, para que os homens que serviam ao exército não se apaixonassem nem sentissem falta de suas famílias quando estivessem defendendo o país por longos meses ou anos fora de suas cidades.

Mas Claudius descobriu tudo e mandou enforcar o velho padre em um dia 14 de Fevereiro.

Valentino ainda teve tempo de entregar um pequeno bilhete à uma pessoa especial, com a assinatura ‘Your Valentine’. Apesar da linda história, este não é considerado um ‘day off’ nacional por lá.

Na terceira Segunda-feira de Fevereiro – em 2018, dia 19 – é comemorado o Aniversário de Washington, feriado nacional.

A data é um tanto quanto confusa pois é conhecida também como o ‘Dia dos Presidentes’, em memória/honra do aniversário de George Washington, primeiro a governar os ‘Estados Unidos da América’.

Após passar por um ‘upgrade’, a data hoje celebra também os legados de todos os ex-presidentes da história norte-americana.

Março

Muitas festanças, passeatas com símbolos, e locais enfeitados com as cores verde e branca recebem o ‘Dia de São Patrício’, comemorado no dia 17.

De origem irlandesa (Lá le Pádraig), o ‘St. Patrick’s Day’ representa a celebração da Santíssima Trindade pela igreja, pois contam os historiadores que São Patrício se referiu à Trindade usando um lindo trevo de três folhas para dar suas explicações e pregar aos pagãos celtas.

Os registros mais antigos destas comemorações datam do século 17. Ele é o santo principal do cristianismo irlandês. A data não é um feriado nacional nos Estados Unidos.

Abril

Outras datas simbólicas que encontramos no calendário americano são: ‘Fool’s Day’, famoso 1º de Abril, o dia da mentira.

Também a Sexta-feira da Paixão (Good Friday) e o Domingo de Páscoa (Easter Sunday), que neste ano cai exatamente onde?

No dia da mentira! É a pura verdade, acredite. Mas, nenhum deles é considerado feriado nacional, aliás, a Páscoa americana é bastante diferente, marcada apenas por coelhos de pelúcia, cartões e, pasme, pouco chocolate nas lojas do comércio.

Mas brincadeiras tem de monte, com ovos cozidos decorados ou de plástico para colocar brindes.

Na Páscoa são realizados alguns desfiles e missas de cunho religioso, e alguns estabelecimentos podem não funcionar no Domingo.

22 de Abril: Dia Internacional da Terra (criado pelo americano Gaylord Nelson em 1970, quando organizou o primeiro protesto contra a poluição. A adesão foi de mais de 20 milhões de pessoas nos Estados Unidos).

Maio

Assim como em vários locais, no segundo Domingo de Maio (neste ano, dia 13) é comemorado o Dia das Mães nos Estados Unidos.

Como de costume, os filhos levam suas mães para festejar em restaurantes, dão presentes e fazem festinhas surpresas como agradecimento.

A data teve origem quando uma garota ficou órfã de sua mãe, se deixando tomar por uma depressão incontrolável.

Porém, seus amigos estavam por perto, e resolveram estancar tamanha dor e sofrimento da jovem, ‘inventando’ um ‘dia para festejar’ em homenagem à mãe da garota.

Oficialmente, o Dia das Mães foi instituído em 1914 nos Estados Unidos, com adesão em massa de todos os países.

Ainda assim, a data não é considerada feriado nacional por lá.

15 de Maio à 14 de Junho: início do mês de jejum do Ramadã, o mais importante do calendário por ser um dos cinco pilares do Islã. Muçulmanos que atingiram a puberdade não podem comer, beber, fumar e nem manter relações sexuais enquanto o sol estiver no horizonte, com exceção das grávidas, doentes e viajantes. Algumas empresas e escolas podem diminuir a carga horária, e alguns cafés e restaurantes podem fechar durante o dia, mas ficam abertos à noite.

As Forças Armadas Americanas também têm o seu dia, com muito orgulho por sinal. Em 19 de Maio, é comemorada a união de seus maiores poderes de defesa: Exército, Marinha, Fuzileiros Navais, Força Aérea e Guarda Costeira, contam atualmente com cerca de 1.281.900 militares à disposição do Pentágono para todo tipo de operação.

A data é um feriado nacional nos Estados Unidos.

Para fechar o mês de Maio, a última Segunda-feira (dia 28 do ano corrente), nos traz o ‘Memorial Day’, e também é um feriado nacional americano.

Há uma ligeira confusão entre este dia e o ‘Dia dos Veteranos’, comemorado em Novembro. No ‘Memorial Day’, são homenageados pela América todos os que vieram a falecer enquanto serviam o País pelas Forças Armadas durante a Guerra Civil Americana.

Já o ‘Dia dos Veteranos’ celebra a todos que prestaram serviços nas Forças Armadas.

Junho

Os papais também ganham presentes e festas no terceiro Domingo de Junho, é o ‘Father’s Day (Dia dos Pais), comemorado em época diferente (para os brasileiros e moradores de Samoa, na Polinésia – Oceania, que costumam festejar a data em Agosto).

Mesmo esquema: restaurantes, mimos dos filhos e muito carinho marcam a data, que existe desde 1910, quando Sonora Louise prestou uma linda homenagem a seu pai, por ter criado os filhos e ‘segurado a barra’ após o falecimento da esposa.

A história levou décadas para percorrer o Mundo, mas teve seu merecimento em 1972 quando o então presidente Nixon sancionou a data como feriado nacional.

14 de Junho: Dia da Bandeira (Betsy Ross, moradora de Filadélfia. Foi em sua casa que ela teria costurado o desenho da bandeira dos Estados Unidos, em 1777.

Há relatos de que o ex-presidente George Washington teria pedido à Ross para elaborar e costurar a nova bandeira da nação americana).

Julho

Em Julho, um dos dias de maior expressão nacional para os americanos, o ‘Dia da Independência’ (Independence Day) é comemorado dia 4/07.

Para o comércio, é sinônimo de preços baixos e ótimos descontos, mas em se tratando de História e Política, o dia é memorável pois em 1776 o Congresso proclamou a Independência dos Estados Unidos, formalizando a separação das ‘Treze Colônias’ do Império Britânico. Feriado nacional.

Agosto

Acredite você, mas em Agosto não há qualquer data comemorativa nos Estados Unidos.

Setembro

A mais próxima, e não tão comemorativa assim (podemos entender como ‘uma data de respeito e conscientização’), é na primeira Segunda-feira de Setembro (dia 3), quando os trabalhadores são homenageados com o ‘Labor Day’, criado em 1894.

Tudo começou quando um movimento operário reivindicava seus direitos e melhores condições de trabalho em seus postos.

Alguns chegaram a ser mortos em massa pelo Exército dos Estados Unidos, o que levou o presidente em exercício, Grover Cleveland, a instituir a data como tentativa de reconciliação entre governo e movimento trabalhista. Feriado nacional.

Outubro

Uma data comemorativa que acontece um tanto quanto à parte do calendário americano é o ‘Brazilian Day Orlando’, dia 1º de Outubro.

A região celebra a cultura brasileira com a difusão de produtos nacionais industrializados, música, literatura, comidas típicas e artesanato para o público adulto e também para crianças.

Excelente ideia do jornalista Paulo Corrêa, mostrando um pouco mais sobre o Brasil para os moradores da Flórida Central. Não é feriado.

Curioso, mas o ’12 de Outubro’ americano pode estar com os dias contados. Calma, a gente explica.

Nesta data é comemorado o ‘Columbus Day’ (Dia de Colombo), com celebrações pelo grande feito de Cristóvão Colombo: o Descobrimento da América.

Bom, por enquanto a data segue no calendário, mas alguns Estados já estão adotando um novo nome de batismo: ‘Indigenous People’s Day’ (Dia dos Povos Indígenas Americanos), com o intuito de valorizar as vítimas do colonialismo.

Tudo bem que os imigrantes italianos não gostaram, mas ainda tem muito chão pela frente. Movimentos estão sendo organizados, passeatas com milhares de pessoas contra e a favor da mudança. Literalmente ‘segue o barco’. Feriado nacional.

Fechando Outubro, tem o famoso e mundial ‘Dia das Bruxas’ (Halloween) dia 31. É bom já escolher: “gostosuras ou travessuras”?

Desde 1745, na Escócia, havia um grande comentário de que após o pôr-do-sol do último dia do mês de Outubro, aquela noite seria considerada ‘sagrada’ (hallow evening), pois antecedia ao 1º de Novembro, considerado o ‘Dia de Todos os Santos’.

Aos poucos, a celebração chegou aos Estados Unidos através de irlandeses no século 19, e então os americanos incorporaram vários elementos estranhos como disfarces e fantasias ‘dark’ para ilustrar as datas de Finados e Todos os Santos.

Assim o termo ‘Halloween’ foi ‘aportuguesado’, pois os ingleses nunca usaram essa designação. Apesar de toda essa magia em torno das lendas históricas, a data não é considerada um feriado nacional nos Estados Unidos.

Os americanos guardam, por respeito, a prática de atrasar os feriados que caem aos finais de semana, como é o caso do já citado ‘Dia dos Veteranos’ (Veterans Day), que neste ano seria celebrado em um Domingo.

Então os norte-americanos prestarão suas homenagens aos militares veteranos da Primeira Guerra Mundial no dia útil seguinte. Feriado nacional.

Novembro

Na sequência temos o ‘Dia de Ação de Graças’ (Thanksgiving Day), uma das principais datas comemorativas (e feriado nacional) para as famílias americanas, já que a maioria delas fará suas tradicionais ceias e reservará algumas horas do dia (a quarta Quinta-feira de Novembro, dia 22 neste ano) para agradecer a Deus, com orações e bons pensamentos, e também mostrar gratidão pelas coisas boas que aconteceram durante o ano, para a família e o País.

Durante o dia são realizados desfiles e jogos de futebol americano, como parte das comemorações.

Algumas famílias costumam preparar ceias especiais para moradores de rua e pessoas menos desprovidas de condições sociais e financeiras.

Todo mundo espera o ano inteiro para a tão sonhada oportunidade de comprar bem e desembolsar pouco.

É a verdadeira ‘Black Friday’, que neste ano acontece dia 23 de Novembro nas lojas dos Estados Unidos. A data é conhecida mundialmente por abrir o período de compras natalinas, mas apesar dos americanos terem difundido essa cultura, em muitos países o cliente não obtem descontos reais em suas compras, pois as lojas aumentam os preços alguns dias antes do ‘dia especial de promoções’.

O termo ‘Black Friday’ já foi utilizado inúmeras vezes para ilustrar os dias mais ‘cinzentos’ da economia americana, mas tudo começou quando investidores perderam grandes fortunas nas Bolsas de Valores em 1869.

Aquela foi uma ‘Sexta-feira negra’, lembram os economistas. Dia festivo atualmente, mas nem por isso deve ser utilizado para ‘matar’ o trabalho ou os estudos. Nada de feriado!

Dezembro

25 de Dezembro, ‘Dia de Natal’ (Christmas Day) em todo o Mundo. Feriado.

Leia Também: